:placaFlorica: Flôrique/Flórique: Alguém que não é mulher e que sente atração por outras pessoas que não são mulheres, exclusivamente ou não.

É um termo que tenta ser um substituto mais abrangente possível para "homem gay", de forma que também inclui várias pessoas não-binárias e váries não-mulheres multi.

:placaOxiana: Oxiana/Oshiana: Uma pessoa negra que é mulher ou não-binária que sente atração por mulheres, exclusivamente ou não.

Este termo foi cunhado como uma alternativa ao termo sáfique, mas de forma específica a pessoas negras. É inspirado em Oxum. Seu final de palavra é flexível (uma pessoa oxiana; um mulher não-binário oxiano).

Béstia/Belua/Beluagênero: Um gênero mulher ou relacionado que pode ser melhor descrito como "mulher/menina/etc. monstro". 

Ele desafia e rejeita papéis de gênero forçados em mulheres e pessoas de identidades similares, e é monstruoso e rebelde por natureza, inerentemente protegendo outras pessoas e sendo inconforme e agressivo (contra opressóries) ao lidar com opressão.

Este gênero pode ser associado aos movimentos punk e riot grrl, mas não necessariamente.

Kairo-: Alguém que só sente atração quando certas condições específicas são cumpridas. Tais condições variam de pessoa para pessoa.

Esta orientação pode ser considerada subtipo de gris.

Mercurfluide: Uma identidade de gênero que muda entre poucos gêneros.

Álico: Uma orientação a-espectral que serve para:

• Pessoas que sabem que estão em algum lugar nesse espectro, mas que não se encaixam em nenhum rótulo existente;

• Pessoas que não sabem qual ou quais rótulos a-espectrais descrevem melhor sua orientação.

Jupitefluide: Uma identidade de gênero que muda entre vários gêneros.

Transfluide: Possui mais de uma definição, mas em geral o termo se refere a alguém que é majoritariamente um gênero binário que não foi o designado ao nascimento, mas que é gênero-fluido e ao menos ocasionalmente passa por outras identidades de gênero.

Por exemplo, alguém transfluide pode só se dizer homem trans pela maior parte do tempo, mas às vezes ser agênero e às vezes nictogênero.

Revulsigênero: Uma identidade de gênero causada por repulsão a normas de gênero e repugnância em aderir a um ou outro "lado".

Gênero-kenon: Um gênero relacionado ao conceito de vácuos que não é inerentemente gênero-vácuo, agênero ou sem gênero.

Re-: Um prefixo de orientação usados por pessoas cuja atração muda com base em fatores internos, como humor ou o que a pessoa comeu.

Lúrrique: Um termo para otherkin de fora da Terra, como estrelas ou alienígenas, que não sentem atração por seres terrestres (como humanes ou therians). Podem sentir atração por anjos/divindades extraterrestres, alienígenas, voidkin, etc.

Verregênero: Alguém que não sente conexão verdadeira com seu gênero, ou que não é realmente apegade a ele; alguém cujo gênero não parece estar verdadeiramente ali.

Um gênero que parece estar sendo olhado pela janela. Parece nebuloso ou distante. Enquanto a pessoa pode estar certa de que aquele é seu gênero, a pessoa não se sente completamente conectada a ele.

Pronogênero: Alguém cujo gênero é fortemente conectado com e expressado por pronomes que a pessoa usa.

Como o termo foi cunhado em um contexto anglófono, onde a maioria do que muda num conjunto de linguagem são pronomes, interpreto que uma pessoa lusófona possa usar este termo para se referir a um gênero conectado a um conjunto no estilo artigo/pronome/final de palavra, a um gênero conectado aos seus finais de palavra ou afins.

Áloda-/Aloda-/Alloda-: Alguém não-humane que sente atração por otherkin ou outres homo sapiens que são não-humanes.

As descrições desta orientação não especificam se a atração é exclusiva por não-humanes e otherkin ou não.

Gênero-fetiche: Uma identidade de gênero influenciada fortemente por taras e/ou fetiches.

Binotrix ou binetrix: Alguém bi que não sente atração por mulheres.

Este termo não especifica por quantos ou quais gêneros a pessoa sente atração, apenas que a pessoa sente atração por mais de um gênero sem sentir atração por mulheres.

Mostrar conversa

Binitor, binetor ou binotor: Alguém bi que não sente atração por homens.

Este termo não especifica por quantos ou quais gêneros a pessoa sente atração, apenas que a pessoa sente atração por mais de um gênero sem sentir atração por homens.

:placaOstefluida: Ostefluide: Uma experiência de gênero onde quando a expressão de gênero de alguém muda, sua identidade de gênero é experienciada de forma diferente, ainda que seja a mesma identidade de gênero independentemente da expressão.

Mostrar mais antigos
Colorid.es

Uma instância com foco em pessoas queer/LGBTQIAPN+ que falam português. Saiba mais em sobre.colorid.es!

Qualquer pessoa pode criar uma conta, independentemente de orientação, gênero, relação do gênero atribuído ao nascimento com identidade de gênero ou corporalidade. Só não se esqueça de ler nossas regras!

Hi there, English speakers! You can see information regarding this instance by clicking here!