Mostrar mais recentes

Queem queer veer filme queer? 

Cidade dos Sonhos (2001), dirigido por David Lynch.

Esse filme é uma experiência cinematográfica. Nenhuma sinopse seria justa... e quanto menos se sabe sobre o filme, melhor. A plataforma Sesc Digital disponibilizou o filme gratuitamente até dia 28/08.

🔗 bityli.com/zqt1d

#recomendo #lgbtqia #lgbtq #cinema

Oi gente! eu criei uma conta no twitter sobre aquileanos. para mais representatividade etc...

link: twitter.com/achilleanpride?s=0

Ume amigue me trouxe uma questão na qual eu já estava pensando há um tempo, que é sobre como tratar bebês e crianças em relação a gênero.

Devemos usar a linguagem que a família e outras pessoas usam? Boa pergunta. Pergunta polêmica.

Quem não quiser encrenca, acredito que não há tanto problema em usar o padrão enquanto a própria criança não reivindica outra coisa.

Agora, quem quiser causar, eu acho muito válido usar um conjunto universal de neolinguagem, ainda mais se for ume bebê. A palavra bebê já deve ser "neutralizada" por ser "comum de dois gêneros" (segundo a norma). E, além disso, considerando que estamos falando de um indivíduo que sequer entende gênero, ofendido ele não tem como ficar (*risos maléficos*). Considero também um belo ato de resistência, pois é sabido o quanto isso incomoda muito o cis-tema, que desde já violenta corpos recém-nascidos com imposições e expectativas.

intro (GAL, ES) 

Vila Liberdade é un proxecto de casa cuir situada nunha aldea en Galiza (Península Ibérica).

Queremos prover un espazo seguro para viaxeres cuir e compañeres cuir locais en busca de tranquilidade para que poidan gozar da vida rural, crear arte ou relaxarse.

O proxecto aínda está en fase de desenvolvemento. A casa xa está habitada e os espazos de traballo artístico son parcialmente utilizables, pero faremos máis reformas nos próximos meses.

Todas as persoas cuir son benvidas, isto é un espazo seguro para xente de todos os xéneros e orientacións (incluíndo todos os xéneros non binarios, persoas do espectro asexual/arromántico, pansexuales, etc) e traballadores sexuais.

Tanto es habitantes permanentes como a nosa rede local máis próxima somos persoas brancas de diversos xéneros/orientacións/capacidades funcionais/neuroestatus.

Recoñecemos os nosos privilexios e animamos a todes es compañeres cuir, especialmente compañeres racializades, a sinalarnos (en público ou privado) cando esteamos a ser opresives ou ignorantes en calquera aspecto de como os nosos privilexios vos afectan.

(ES)

Vila Liberdade es un proyecto de casa cuir situada en una aldea en Galicia (Península Ibérica).

Queremos proveer un espacio seguro para viajeres cuir y compañeres cuir locales en busca de tranquilidad para que puedan disfrutar de la vida rural, crear arte o relajarse.

El proyecto aún está en fase de desarrollo. La casa ya está habitada y los espacios de trabajo artístico son parcialmente utilizables, pero haremos más reformas en los próximos meses.

Todas las personas cuir son bienvenidas, esto es un espacio seguro para gente de todos los géneros y orientaciones (incluyendo todos los géneros no binarios, personas del espectro asexual/arromántico, pansexuales, etc) y trabajadores sexuales.

Tanto les habitantes permanentes como nuestra red local más próxima somos personas blancas de diversos géneros/orientaciones/capacidades funcionales/neuroestatus.

Reconocemos nuestros privilegios y animamos a todes les compañeres cuir, especialmente compañeres racializades, a señalarnos (en público o privado) cuando estemos siendo opresives o ignorantes en cualquier aspecto de cómo nuestros privilegios os afectan.

Se ser hétero é o certo, segundo a igreja, então por que o certo é BIblia e não HÉTEROblia? Explica essa cristão!

discursos contra xenogênero, capacitismo, ironia 

Interessante como o discurso exclusionista evoluiu agora. Na época em que eu ainda usava o :birdsite:, já tinha gente explicando xenogêneros como algo exclusivo de neurodivergentes.

Muito bem. Sim, é fato que xeninidade contempla as perspectivas e experiências de gênero de muitas pessoas NDs. Mas xenogênero nunca foi um grupo de identidades exclusivas de NDs. De onde veio isso? Sei lá. Mas o que parecia só uma constatação equivocada virou uma nova retórica exclusionista.

Aparentemente, tem gente tomando um cuidado pra não cair em capacitismo e aproveitando pra fingir que se importa com NDs. Então o discurso de "xenogênero é algo de NDs" evoluiu pra "xenogêneros não são LGBT, são pauta ND".

Isso é só uma forma mais educada de dizer que pessoas xenogênero são "apenas gente cis que por causa de suas condições mentais não conseguem entender gênero, então vamos deixar que se identifiquem como fogo e estrela porque é feio zoar com doente mental".

Cuidado com essa informação, gente. Xenogêneros são identidades acessíveis pra qualquer pessoa. Da mesma forma que há pessoas NDs que conseguem explicar seus gêneros dentro de concepções "comuns", também há pessoas neurotípicas que podem considerar essas concepções insuficientes e se explicam com metáforas, por exemplo. Lembrando que uma das maiores faltas de comunidades e vivências fora do binário são de palavras pra se descrever, e é exatamente por isso que existem xenogêneros.

ainda muito surpresa com o quão agressivamente queer é one piece apesar da transmisia e machismo que rola até que bastante.

apesar disso gordemisia rola bem pouco (um pouco no começo e depois no geral uma pessoa gorda significa que ela é forte), outras misias tem tão pouco ("isso é coisa de mulherzinha" por ex) rola tão pouco que eu acho que é questão de tradução só.

é muito... peculiar.

Mostrar conversa

I worked with another lovely person to put together a presentation on aromantic competent care.
It's targeted at people working in the mental health field who want to be better equipped to work with aromantic clients. It doesn't presume any knowledge of aromanticism and starts with some aro 101.
youtube.com/watch?v=UVKYsrwzbp
#aromantic

Queridos conservadores, se ser hétero é biologia básica, então por que o certo é BIologia e não HÉTEROlogia?

Enfim fiz a postagem lá no :instaburn: sobre o sistema alibinário. Pra quem quiser conferir:

instagram.com/p/CSAglv1HhZo/?u

Este mes comenzamos a publicar en nuestro blog el proyecto literario (en español/castellano) de una persona cuir afín a nuestro proyecto que desea difundirlo.

Texto de julio:

vilaliberdade.blackblogs.org/2

Todos los textos anteriores:

vilaliberdade.blackblogs.org/t

Gracias por leerlo y difundirlo.

Eu sou tão cética com gente que diz que gosta de ler enemies-to-lovers, porque geralmente, na cabeça dessas pessoas ser inimigue de alguém se resume em provocações e rixas bobas 😬

Voltei depois de um tempo! Senti saudades... (e agora tenho um celular e estou testando o Tusky aqui) :100uwu: :ablobcatheart:

Queria um sugar dead, que consistiria em um homem morto que deixasse os bens em meu nome e não enchesse meu saco jamais.

Identidades não-binárias adicionadas às listas do Orientando 

Tem umas identidades que eu sentia falta nas listas, e daí coloquei algumas delas e outras ontem de madrugada:

Angigênero
Araonary :placaAraonary:
Asteragênero :placaAsteragenero:
Augênero :placaAugenero:
Béstia/Belua :placaBelua:
Faunagênero :placaFaunagenero:
Gênero-noir :placaGeneroNoir:
Genoire/Gênero-noire
Musicagênero :placaMusicagenero2:
Nonangi :placaNonangi:
Pictogênero
Sinesgênero :placaSinesgenero2:

As listas podem ser encontradas em:
orientando.org/listas/lista-de
orientando.org/listas/lista-ig

Fiz umas mudanças na API do Mastodon pra colorid.es, acredito que agora o Tusky consiga ver o limite de caracteres diferente aqui.

Mostrar mais antigos
Colorid.es

Uma instância com foco em pessoas queer/LGBTQIAPN+ que falam português. Saiba mais em sobre.colorid.es!

Qualquer pessoa pode criar uma conta, independentemente de orientação, gênero, relação do gênero atribuído ao nascimento com identidade de gênero ou corporalidade. Só não se esqueça de ler nossas regras!

Hi there, English speakers! You can see information regarding this instance by clicking here!