Costumamos considerar coisas naturais saudáveis sendo que grande parte delas existe pra nos matar.

oi, eu sou aru.

bruxa e trader irônica de criptomoedas.

desculpa sociedade

Pessoas não-binárias merecem tudo de bom!

in case anyone hasn't read it, may i recommend the truly wonderful and powerful Aromantic Manifesto?
it came out a few years ago and was pretty ahead of it's time (or at least my understanding and window) in terms of seeing aromanticism as intrinsically political.
Highly recommend for angry aros and others who are interested in being challenged
drive.google.com/file/d/158QOr

#aromantic

O monossexismo intrínseco dos portais de "notícia" (fofoca) continua firme e forte.

Ator é "flagrado" com outro homem, não declara nenhuma sexualidade específica, e o título da manchete é sempre: o ator *se assumiu gay*. Parece que a possibilidade da pessoa ser multi não existe.

Assumir não assumiu nada. Quem assume são vocês. :shrugs:

Você não é paga pelo quão duro trabalha e sim pelo quão difícil é te substituir.

lista de recomendações (por mais que a postagem não seja sobre isso), links externos 

@Eutocansada6789 passou pela minha cabeça mandar histórias com boa representação poliamorosa depois dessa postagem então aqui vai:

(maioria das páginas estão em inglês)

- Girlfriend, Girlfriend (Kanojo mo Kanojo) :wiki: : en.wikipedia.org/wiki/Girlfrie
Protagonista começa a namorar amiga de infância, outra pessoa se confessa pra ele, trisal acontece. Não vi ainda, mas parece ser um bom mangá/anime.

- Professor Marston e as Mulheres Maravilhas :wiki: : en.wikipedia.org/wiki/Professo
Filme que conta a história de vida do criador da Mulher-Maravilha, sua esposa e a... parceira delus (não consegui traduzir "life partner" direito). Uma das poucas coisas dessa lista que eu vi.

- Eu, Tu e Ela (link pra Netflix): netflix.com/br/title/80103417?
Um casal contrata uma acompanhante, aos poucos ambes começam a se apaixonarem por ela. Mais uma série que eu ainda não vi.

- Threesome :wiki: : en.wikipedia.org/wiki/Threesom
Sitcom onde três amigues vivem juntes, "nome da série" acontece, uma das pessoas fica grávida, es três criam a criança juntes. Adivinha, eu ainda não vi.

- Open Earth (link pro Goodreads): goodreads.com/book/show/384940
Único livro dessa lista, protagonista vive numa estação espacial após o colapso da Terra, conta as experiências dessa protagonista com relacionamentos. Ainda não vi também.

- Um Pouco de Não-Monogamia (link pro Tapas): tapas.io/series/Umpoucodenaomo
Tirinhas brasileiras sobre não-monogamia em geral. Essa eu já vi.

Listas:

Tag "polyamory" no Tapas: tapas.io/search?q=polyamory&t=

Lista de personagens poliamoroses na Wikipédia: en.wikipedia.org/wiki/List_of_

Página na Queer Comics Database: queercomicsdatabase.com/other_

Postagem no r/polyamory :fireddit: : reddit.com/r/polyamory/comment

"A Polyamorous Webcomic Masterpost" no Tumblr: webcomiclibrary.tumblr.com/pos

A book got released. Not any book. "TransFocus Anthology". Featuring texts of different #trans artists, and one of those texts is from me. I'm suuuper excited about it and can't wait reading the other texts. :)
amazon.de/dp/1794713026/

Unlearning Amatonormativity: Digging Deeper is out!
Its a workbook i played a very small role in.
It works to build on the understanding of amatonormativiry in the first workbook and lay out how amatonormativity is intertwined with and embedded in broader systems of oppression like cisheterpatriarchy, colonialism, white supremacy, capitalism and desirability politics.
This understanding of and approach to amatonormativity is at the center of all the things i give a shit about.
Probably a good read if youve ever wondered why i think aro politics is connected to everything
gracesofluck.wordpress.com/202

#amatonormativity #aromantic

política, ações contra neolinguagem (piada) 

a solução óbvia pra questão de proibirem o uso de "linguagem neutra" nas coisas é usar conjuntos de linguagem que não seriam considerados opções de linguagem neutra como linguagem neutra.

exemplos: ni/ilí/il, la/ila/ai, ze/elz/z

Às vezes fico me sentindo mal por pessoas que percebo que estão se desconstruindo, estão realmente se esforçando, e que ficam se cobrando um ideal, uma perfeição que nem existe, enquanto tem tanta gente que se orgulha de ser tão escrota.

o que vocês estão vendo de série e curtindo? to precisando de umas indicações

atualmente to acompanhando The Morning Show, The Good Doctor, Doom Patrol, What We Do In The Shadows e Fundação (essa só pra falar mal mesmo)

Espero que pessoas que estão questionando suas identidades de gênero tenham uma ótima noite!

namorada acabou de me informar de que em dezembro vai ter mutirão pra retificar certidão com opção de botar não-binário, inclusive pra quem já retificou a certidão antes!

🎆 :s2b_nb:

post from r/ennnnnnnnnnnnbbbbbby (may contain flashing imagery) 

frientities is a cool pun also otherkin people are neato burrito redd.it/pe3egp

gosto muito de histórias com found family mas eu sempre fico meio triste pensando: "quando que eu vou achar a minha :GalaxyBlobCrying:

Xengênero: Alguém que experiencia um determinado gênero de forma similar a um xenogênero, ou de forma que inclui sensações/aspectos similares a de um xenogênero, ainda que o gênero em si não seja um xenogênero.

Este termo geralmente é usado trocando gênero pela identidade de gênero em si, como em xeneutre, xenmulher ou xenautonomique.

Não é usado quando se trata de xenogêneros, já que isso seria redundante.

sobre pessoas não-binárias que se assimilam ao sistema e não ajudam a comunidade (2/2) 

Falando em transição. Há pessoas n-b sem disforias ou sem qualquer vontade de alterar o corpo, e há pessoas com disforias que buscam uma transição "típica". Devido à alienação, ambos os grupos podem até achar que só é possível duas formas de transição mesmo, que nem existe "corpo andrógino". Sendo assim, o que já está disponível até então está bom para ambos os grupos, pois um nem fará uso desses recursos, e o outro já tem algo garantido, por mais que os procedimentos médicos atuais sejam pensados numa lógica totalmente binária; o que, consequentemente, não gera atenção e pesquisa a possíveis novas formas de transição pra quem quer outras opções de corpo. Então pessoas assim podem não achar importante discutir tanto sobre transições, ou discutir dentro do que já existe, por mais que sejam evidentemente tópicos que afetam muito a comunidade. As que fazem transição física podem mudar apenas retificar o marcador para a outra opção que não lhe foi designada.

Explorei sobre esses três tópicos para explicar como há pessoas não-binárias que acabam não se envolvendo em ativismo/militância, e que podem até ser reacionárias com pautas da comunidade, e isso porque se encontram em condições onde as outras pautas não fazem diferença em suas vidas. E muita gente vive nesse individualismo, sem considerar questões maiores que sua realidade.

Assim, se a pessoa está numa posição social mais favorável (algo mais provável com pessoas perissexo, brancas, e com algum poder aquisitivo), ótimo pra ela. E se ela está satisfeita com os acessos típicos de pessoas trans binárias, que bom pra ela também. Mas nada disso é desculpa pra atrapalhar a luta da comunidade. E ninguém assim deveria se prestar a ser token de gente exorsexista, ou ficar tentando comprar aceitação do sistema em detrimento de gente n-b mais marginalizada.

Considerem tudo isso quando encontrarem por aí pessoas n-b que não se envolvem ou que fazem oposição com pautas da comunidade.

Mostrar conversa

:heart_sp_pride: QUEER OCs [18] :heart_sp_pride:

A project I started in 2018. I draw all my queer characters with their pride flags ! #QueerOCs

:heart_sp_nb: Zeko Roronoa • Non-binary & Pan :heart_sp_pan:
Another Roronoa kid ! They are the 5th Roronoa, and has a twin sister, Zaiko. They are full of life and always ready for adventure.

I fucked up a lot of things (mainly the colouring of the hands)...

#MastoArt #WomensArt #nonbinary #nbcharacter #lgbtq #queer #pansexual #oc #TraditionalArt

Mostrar mais antigos
Colorid.es

Uma instância com foco em pessoas queer/LGBTQIAPN+ que falam português. Saiba mais em sobre.colorid.es!

Qualquer pessoa pode criar uma conta, independentemente de orientação, gênero, relação do gênero atribuído ao nascimento com identidade de gênero ou corporalidade. Só não se esqueça de ler nossas regras!

Hi there, English speakers! You can see information regarding this instance by clicking here!