Brilho destacado

gente, se tu consegue ver alguma postagem minha e não tá especificado que não, tu pode interagir com ela do jeito que quiser. pode dar boost, responder e etc. muitas vezes eu faço a postagem querendo interação mas não deixo isso explícito pq sou tímida 🤡

se sua interação for em boa fé eu vou gostar.

mas se tu chegar me reply guying eu vou :blobcatknife:

Brilho destacado

se você se incomodou com meu nome de usuário, abra; menciona violência e comportamentos excludentes; tecnicamente um subtoot. 

parabéns, você ativou minha carta armadilha.

Ad hominem é quando você tenta invalidar o argumento de alguém, atacando seu caráter, motivações, emocional ou etc ao invés de o argumento em si.

pessoas marginalizadas são constantemente alvos desse tipo de ataque e eu usar esse nome é uma piada e pra ressaltar como as pessoas não tem argumentos e tentam apelar pra outra coisa. uma pessoa que se enquadra na hegemonia da branquitude vai ser atacada muito menos por causa dessas coisas mas uma pessoa marginalizada...

só lembrar dos esteriótipos que existem, por ex, da pessoa negra raivosa, de como a agressividade de pessoas negras é usada e debatida o tempo inteiro pras coisas mais banais enquanto o povo branco tem literalmente espalhado a sua ideologia na base de violência e... não é falado.

sim, não é um "comportamento elogiável". é agressivo e é meio escroto mesmo mas esse é o ponto.

eu fazer essa graça não muda em absolutamente nada os fatos do que aconteceu e nem os argumentos que foram colocado.

pensa bem no que tu tá falando por que eu não sou trouxa não :blobtea:

Brilho destacado

se você tá vindo nessa porra desse perfil pra ver a pessoa terrível que eu sou eu te desafio a me mostrar a porra de um print da porra de um ataque que eu fiz contra alguém.

tirando as postagens onde eu ataco a ursal, que são legítimas e geralmente em minha defesa, onde é que tão as postagens que eu ataquei alguém que tão me acusando?

vai lá, clica na porra do "toots com respostas", e procura o quanto quiser. não vai achar por que não existe. é simplesmente uma campanha de difamação mentirosa.

as únicas postagens que poderiam ser ditas como ataque as pessoas não postam sabe pq? pq se tu olhar você vai pensar: "porra, foi isso? ela pediu desculpa depois? caraio"

olha aí a porra da postagem que tão falando que foi um ataque:

colorid.es/@ardydo/10942525510

aí isso e de uma outra pessoa vindo numa postagem completamente não relacionada achando que a gente tava mandando indireta pra ela, que depois eu descobri que a postagem que a gente tava supostamente falando sobre foi uma que a gente nunca viu, veio sendo rude pra caralho e tomou block, foram os meus dois ataques.

dessas duas coisas as pessoas começaram a falar que a instância é misógina, capacitista, que aqui pessoas marginalizadas não tem espaço.

não tem porra de "desentendimento" porra nenhuma. não tem porra de ego. é simplesmente um lado mentindo descaradamente e eu me fodendo. sendo maldenominada de graça, sendo xingada por gente que não sabe do que tá falando.

gente pegando minhas postagens, mal lendo a porra que tá escrito nessa caceta, ignorando completamente o contexto, e foda-se.

Brilho destacado

amorecos, não tenho muitos requisitos pra me seguirem mas... se seu perfil não tem absolutamente nenhuma postagem eu vou ficar com o pé atrás e não aceito.

essa conta é bem pessoal e tal então se não consigo nem sentir sua vibe não vou aceitar dsclp.

você pode me mandar uma DM também qualquer coisa que eu posso pensar mas conta vazia eu corro muito longe. jauahahsa

Brilho destacado

se a sua personalidade é inteira ser fã de software livre, por favor, nunca interaja comigo. eu sei exatamente que tipo de pessoa você é e eu simplesmente não quero perder meu tempo.

se você se ofendeu, me bloqueia e segue sua vida.

Mostrar conversa

meta; sobre bloqueios da ursal; falando sobre pessoas que administram instâncias 

eu sei também que se tu ta numa instância que a administração falou "ursal injustiçada" eu provalmente já silenciei e nunca vou ouvir nada dai e não me arrependo nem um segundo.

Mostrar conversa

meta; sobre bloqueios da ursal; falando sobre pessoas que administram instâncias 

o que eu sei é:

- eu não me sinto segura interagindo com pessoas de instâncias que não bloqueiam a ursal. eu vou ficar sempre com o pé atrás. sempre com a pulga atrás da orelha pensando se essa pessoa acha ou não que é suave maldenominar alguém e culpar a vítima. tu pode ter certeza que eu vou pensar 1000 vezes antes de aceitar um pedido de seguição de uma instância que eu sei que não bloqueia.

- eu sinto menos segurança ainda de recomendar qualquer instância dessas pra alguém criar contas. sei que nem toda instância é pra todo mundo e também sei que tem umas instâncias muito interessantes aparecendo por ai, umas até que me deu vontade de entrar, mas ai eu vejo interações com a ursal, com pessoas inclusive que eu vi me atacando, e ai eu não vou recomendar de jeito nenhum pra ninguém.

Mostrar conversa

meta; sobre bloqueios da ursal; falando sobre pessoas que administram instâncias 

e mais: é esse tipo de ambiente que tu vai expor as pessoas que tão confiando em você rodando a instância? e se a próxima pessoa que for vítima disso for da sua instância?

quando uma administradora (branca) de uma instância muito maior aparecer nas DMs de alguém (negro) dai exigindo pedidos de desculpas por um negócio merda vai ser tarde demais.

quando alguém decidir que uma pessoa queer da sua instância foi muito agressiva e começar uma campanha de desinformação e o pessoal de lá bater palma sem nem checar, vai ser tarde demais.

quando sua instância for acusada dessas coisas merda que acontecem lá, novamente, sem prova de porra nenhuma, vai ser tarde demais.

vale mesmo o preço de se expor, e as outras pessoas, a tudo isso? vale a pena ficar em cima do muro por que "ai, treta pessoal"?

sei lá.

Mostrar conversa

meta; sobre bloqueios da ursal 

absolutamente tenho 0 segurança em interagir com servidores que não bloqueiam a ursal depois de tudo que aconteceu

sim, eu ser vítima direta do rolê não ajuda mas... porra, as instâncias vão se deixar aberto pra essa possibilidade de assédio por que?

no meu caso, eu sou uma pessoa que é cascuda e resistente a essas merda ai. tenho espaços seguros que eu posso me recolher e mais um monte de coisa.

mas pra mim não é difícil de imaginar alguém na posição que eu fiquei (ou estou ainda, né? pq ainda pintam a gente como vilão) sofram consequências muito piores por causa disso.

e sim, o abuso da moderação é a raiz do problema. é uma pessoa problemática, que não aceita críticas e que mais de uma vez se mostrou não se importar com as dinâmicas de poder ou com as demandas de grupos marginalizados. foda-se o que você diz que é.

fazer uso de linguagem correta é absolutamente o mínimo que se pode fazer. não é como se fosse tão difícil assim escapar de linguagem marcada de gênero se o ponto fosse não conseguir checar. culpar a pessoa que foi desrespeitada pelo desrespeito é simplesmente baixo. a gente querer o mínimo e ser recebide com desdém é horrível.

mas além de tudo, tem a questão das pessoas que estão naquela instância. elas vão estar num ambiente onde isso é o normal. isso é o padrão. onde você questionar isso é o errado. isso é por definição um ambiente tóxico.

não tem nenhum problema as pessoas cometerem deslizes. ninguém é perfeito. o problema vem quando além de cometer os deslizes, não existe nenhum esforço de que se desconstrua as estruturas opressoras por trás desses comportamentos.

"aqui a gente não tem queerfobia, tenho até amigos(sic) que são!" mas ai solta uma "ah, eu maldenominei a pessoa mas a culpa é dela", continua se referindo a um coletivos de pessoas que não usa o conjunto (o/ele/-o) como se não fizesse diferença.

"a gente é antiracista" mas as reações a pessoas racializadas são muito muito mais agressivas e eu já vi pessoas falando quase com orgulho que "o bantu e cuscuz não gostam muito da gente" se nenhum questionamento como se isso não significasse porra nenhuma.

"ah, aqui a gente respeita o pessoal neurodivergente" e o uso indiscriminado de palavras capacitistas ou de diagnósticos como xingamentos continua como se nada acontecesse.

porra, é de verdade esse tipo de ambiente que você quer interagir?

meta; piada 

não sabia que pra ser comunista precisava gostar tanto de espantalho

já ta virando spam de emoji 

eu, achando outra mensagem que eu não respondi mas agora eu não lembro mais se era essa mensagem ou se tinha outra: :aomegablobsweats: :aomegablobsweats: :aomegablobsweats: :aomegablobsweats: :aomegablobsweats: :aomegablobsweats: :aomegablobsweats: :aomegablobsweats: :aomegablobsweats: :aomegablobsweats: :aomegablobsweats: :aomegablobsweats: :aomegablobsweats:

Mostrar conversa

eu tentando aschar a postagem pra responder mas faz tempo e tava debaixo de um aviso de conteúdo que eu não lembro qual é: :aomegablobsweats: :aomegablobsweats: :aomegablobsweats:

Mostrar conversa

eu, subitamente lembrando que tem uma mensagem que eu queria responder mas não tinha colheres na hora e depois lembrei quase uma semana depois que fiquei sem responder a mensagem: :aomegablobsweats:

judge: do you swear to speak the truth and nothing but the truth

me: yes

judge: who do you like

me: omg dare

CCXP + Cosplayer + contato visual 

É incrível ver tanta cosplayer negra! É uma das coisas mais incríveis da experiência de viu!

Foto 1: Tempestades (no Instagram a de 1975 é a @ofantasticomundodekika e a do X-men evolution é a @Gleici_ps)

Foto 2: A Juliana Andrade (@bondedajuju) de Pequena Sereia e eu, a @Pretaenerd

Foto 3: Selfie da Tempestade 1975 (Kika) comigo!


The Holocaust did not begin with killing; it began with words.

Genocides do not start with mass murder. That's where they end up.

Genocides & other mass atrocity crimes begin with words - specifically, with powerful people dehumanizing a minority.

Once they are seen as less than human, anything is possible, even mass murder.

👉 You can speak out loudly today for the rights of others, or you can stay silent & wait for tomorrow, when your rights will be taken away too.

leituras de tarô gratuita 

uepa! boa tarde pessoa! ta começando mais um *para de fazer a voz do faustão*

mas um domingo e mais uma vez eu estou aqui oferecendo minhas leituras de uma carta gratuitas pra você. não se acanhe! mesmo que você não tenha familiaridade/acredite em tarô e essas coisas, fique avonts pra pedir uma pra você.

ルールはカンタン!(as regras são simples)
- tenho 10 vagas. 1 por pessoa
- você pode fazer uma pergunta ou então pedir que eu puxe uma carta, sem pergunta
- eu ficaria muito feliz se você pudesse dar boost nessa postagem pra alcançar mais gente, mas não vou obrigar ninguém a nada

eu vou estar usando o rider-smith ou quarenta servidories. se você preferir algum, me fale! caso contrário eu vou escolher um eu mesma.

é isso pessoal, bom domingo e é nóis :blobtea:

vagas disponíveis: 2/10

Tô precisando muito de meias novas, a maioria que eu tenho tá no fim da vida útil. Alguma loja virtual ou loja física (em Florianópolis) vocês recomendam? :boost_ok:

menciona discriminação e abuso, meta mas não é só sobre isso 

É fundamental que todo mundo vá atrás de conteúdo sobre justiça social, mas isso ainda é mais importante pra quem tem a intenção de montar uma comunidade.

Tudo bem se dizer contra todas as opressões, mas isso não é o suficiente. Presumir gênero e linguagem também faz parte de ser cissexista. Usar xingamentos que significam "ter transtorno mental", "ter pouca inteligência" ou afins também faz parte de ser capacitista. Agir como se tivesse direito de decisão nos limites de outras pessoas também faz parte de ser ignorante em relação às suas vidas ou marginalizações. Generalização da atuação sexual de grupos marginalizados também faz parte de reproduzir opressão.

Não dá pra deixar que esses comportamentos ou outros sejam reproduzidos sem consequências só por serem comuns se a ideia é ter um espaço antiopressão. E não recomendo esperar até que alguma porcaria aconteça pra outres darem um toque quando daria pra ter evitado o erro se a pessoa tivesse ido atrás de saber que aquilo compactua com opressão.

Inclusive, colocar o peso em cima de pessoas marginalizadas para que se expliquem ao invés de ir pesquisar o motivo de algo ser um problema também compactua com opressão.

Nerdices x nerdiandade 

Easter egg... sim, ou nao?
(Por quê?)

Tenho procurado grupo de mães de crianças atípicas pra trocar ideias e desabafos, mas ainda não achei. Se souberem de um cantinho bom nessa internet, me contem!
Boosts bem-vindos! :blobheart:

acho que foi até mais nova mas eu não lembro direito tempo é uma ilusão

Mostrar conversa

subitamente lembradno que eu fui administradora do maior forum de harvest moon do brasil com tipo 15/16 anos.

socorr

Mostrar mais antigos
Colorid.es

Uma instância com moderação ativa e foco em pessoas queer/LGBTQIAPN+ que falam português. Saiba mais em sobre.colorid.es!

Qualquer pessoa pode criar uma conta, independentemente de orientação, gênero, relação do gênero atribuído ao nascimento com identidade de gênero ou corporalidade. Só não se esqueça de ler nossas regras!

Hi there, English speakers! You can see information regarding this instance by clicking here!