Brilho destacado

Olar! o/

Meu nome é Fernando. Um Menino Cis, Bi/Litiano, e Demissexual.

Trabalho com Desenvolvimento de Jogos Digitais, onde foco na área da Arte, Modelagem, Animação, Roteirização e Game Design. Também atuo como empreendedor, sendo um dos Líderes de Expansão da YouHub.

Meus interesses são vastos, mas arte, jogos em geral, desenhos & animes, artes marciais, música e culinária talvez sejam o caminho mais rápido. Hahaha

Ah, e nunca digo não para novas amizades. ;)

Brilho destacado

:VerifLitiana: Algumas páginas pessoais que estou (leia-se "deveria estar") usando mais:

Instagram:
instagram.com/fernandomenezes.

Twitter:
twitter.com/FefoMenezes?lang=p

Orientando:
orientando.org/membres/ventus/

:VerifPoliamor: E pra quem curte jogos digitais, e jogar online, podem me encontrar em:

Playstation:
my.playstation.com/profile/Ven

Nintendo Switch:
switcher.gg/user?username=Fern

Steam:
steamcommunity.com/profiles/76

Sintam-se à vontade para me seguir, conversar, ou jogar online comigo! Mas posso nem sempre poder...

:s2_ace: :brilho_poliamor: :triforce: refletiu

Bem, esse vai ser um texto um pouco pessoal. Há duas semanas eu perdi alguém. Entendam como quiser. Cheguei tarde. Aliás, nem cheguei, né. Essa amizade minha, que era importante, que tinha anos, se perdeu. E eu não fiz nada. Sei que não preciso me culpar por escolhas alheias, sei que não devo me culpar por circunstâncias que estão além do meu poder. Mas ainda assim fica esse pensamento na minha cabeça de que eu podia/devia ter feito mais. Eu podia/devia ter interferido mais, me intrometido mais, indagado mais, questionado mais, cuidado mais da pessoa, vigiado mais ela, enfim.

Muita gente fala que a gente vive num mundo de caminhos e temos o total livre arbítrio de escolher. E eu acho tudo isso uma grande merda de tão mentirosa e simplista. A realidade é complexa e nossas "escolhas" são sim influenciadas por todo um conjunto de fatores, alguns sob nosso poder, muitos fora do nosso poder. Por isso mesmo que eu podia/devia ter agido mais por essa pessoa, porque ela não foi capaz de fazer boas escolhas, e eu devia ter percebido isso e feito algo. Às vezes a gente precisa sim invadir alguns espaços, dar broncas, e dizer o que a outra parte não quer escutar. Vão se incomodar? Vão. E foda-se. Um período de ranço dói muito menos que presenciar um resultado catastrófico, pior ainda com danos irreparáveis. As pessoas estão necessitando de um empurrão, uma chacoalhada, seja o que for. Ficar apenas nessa política de "deixa a outra pessoa, não invada o espaço dela" às vezes nos joga num lugar de inércia, e desse lugar presenciamos a queda das pessoas. E depois? Como fica?

Meu recado é: se vocês confiam em seus instintos, no que sabem e percebem, e se deparam com alguém indo pro abismo, segurem a pessoa antes da queda. Ela não vai gostar, ela vai gritar, ela vai se debater, ela vai te odiar. Vai mesmo. E foda-se. E se precisar, tira o tal do livre arbítrio dela. Mesmo que seja necessário até amarrar ela e deixar trancada num quarto em algum lugar (não literalmente, mas quem sabe). Estamos num período crítico do mundo. Pessoas estão indo pro abismo. E se é alguém que gostamos, acho que vale o esforço.

:s2_ace: :brilho_poliamor: :triforce: refletiu

O vídeo Explicando gênero e linguagem agora possui legendas em português! (links externos) 

Assistir vídeo no YouTube:
youtube.com/watch?v=7XFk-Pjped

Baixar vídeo (ou assistir, mas sem legendas):
cloud.disroot.org/s/Mixi9tPmai

Baixar legenda (.srt):
cloud.disroot.org/s/M2EFzexjcX

Piada Ruim, Kingdom Hearts 

Partida de Champ'd up, com amigues. Huehaueha

:s2_ace: :brilho_poliamor: :triforce: refletiu

:boostsPorFavor: Estou pensando em fazer um vídeo com relatos de como pessoas veem suas identidades de gênero; no sentido de: 

- Quais es experiências/sentimentos/sensos de gênero que cada pessoa tem?

- Quais os termos escolhidos e por qual motivo foram esses e não termos similares?

Acho que pode até ser interessante ter experiências binárias sobre isso, caso consigam colocar isso em palavras sem ser só "porque sim" ou "porque me veem assim" ou "porque não sou [outro gênero binário]".

Caso alguém tenha interesse em mandar um relato, favorite a postagem ou me mande uma mensagem privada. Ainda quero saber se vai ter gente suficiente antes de pedir relatos.

No vídeo, penso em ler relatos; as pessoas poderão escolher ficar anônimas.

:s2_ace: :brilho_poliamor: :triforce: refletiu
:s2_ace: :brilho_poliamor: :triforce: refletiu

:brilho2queer: A segunda transmissão de Queerspectivas acontecerá no primeiro dia da de 2021, dia 21/02 às 18:30 (GMT-3/horário de Brasília)! :brilho2aro:

Alguns dias após a transmissão, ela será disponibilizada em orientando.org/category/queers

Imagem usada pra moldura: aroarrows.wordpress.com/2021/0

(Atualização: Calisto não vai mais poder e Isa entrou no lugar delu)

Recebi aleatoriamente, achei adorável. Resolvi compartilhar, because why da hell not? lol

(inclusive postado no dia do meu aniversário. Huehaueha)

youtube.com/watch?v=uFsMmkX6vF

:s2_ace: :brilho_poliamor: :triforce: refletiu

Infelizmente demorou mais do que eu queria, mas finalmente consegui publicar a transmissão sobre vivências trans e asiáticas :blobcathearts:

sotao.amplifi.casa/s/MkAc8ttNZ

youtube.com/watch?v=TfTCSX9PDQ

:s2_ace: :brilho_poliamor: :triforce: refletiu
:s2_ace: :brilho_poliamor: :triforce: refletiu

Piada envolvendo a neolinguagem. 

Como a neolinguagem é: "nossa, elu é muito bonite, vou perguntar o nome delu!"

Como acham que é: "e sepe ne leve e pé, ne leve perque ne quer, ele mere lê ne legeê ne leve e pé perque ne quer, mes que chelê."

@estrelade, fica a recomendação aí!

Confia! :v Huehaeuahe

(Brinks, faz isso não! Mas se fizer, eu vou assistir. HEUAHEA)

Mostrar conversa

YouTube me lembrou de uma tapeada que levei na minha infância:

Sonic the Hedgehog 4, para SNES. :v

(que na verdade era uma hack de um jogo do Ligeirinho, e vendido com caixinha e tudo)

Ao menos hoje eu pude compreender o quão magnífico é o encerramento dessa besteira. Hueaheuaheuaha!

:s2_ace: :brilho_poliamor: :triforce: refletiu

oferecimento de leituras de tarô gratuitas :boostsPorFavor: 

em comemoração a abertura dessa conta (e dos meus serviços) eu vou oferecer leituras gratuitas pra quem quiser.

É uma leitura bem simples, de uma carta só. Pode ser do tipo "sim ou não" ou qualquer outra mas, mantenha em mente que uma leitura de uma carta só pode ser algo realmente mais superficial, por isso eu recomendo que você faça uma de "sim ou não" por que dai a resposta já fica mais... apontada.

regrinhas:
- vou abrir 10 vagas pra perguntas
- uma pergunta por pessoa, a não sei se sobre vagas, ai eu aviso em uma outra postagem posterior
- você me dá quanto contexto achar necessário
- não leve nada que eu falar como absoluto. No final das contas eu sou só uma pessoa na internet lendo pedaços de papelão (que gostam de dar voadora)
- pra fazer uma pergunta a única coisa que você precisa é ter vontade de fazer uma pergunta. você não precisa acreditar, não precisa ter uma pergunta profunda, nada. só ter vontade e perguntar.

como fazer a pergunta?
- responda a essa thread com a pergunta, pode ser pública ou não, ai você escolhe uma opção de privacidade e eu vou responder na mesma.
- se você quiser fazer uma pergunta anonimamente, me mande lá no retrospring (retrospring.net/arcanaru). eu sei que alguém poderia abusar disso pra fazer várias perguntas, mas ai não é problema meu, né?

Qualquer dúvida também fique avonts pra me perguntar :)

Dia de folga praticamente jogado fora tentando baixar um programa que preciso pra fazer portfolio, e falhando miseravelmente...

Ao menos descobri uma música nova, que não vai sair da minha cabeça por um tempo.

youtube.com/watch?v=dlFA0Zq1k2

:s2_ace: :brilho_poliamor: :triforce: refletiu

Só dizendo, mas @QueerNeko vai fazer uma transmissão com outras pessoas sobre experiências asiáticas trans no dia 31 às 16 horas (ou algo por aí), e ainda não fez uma postagem pública oficial por estar com preguiça :P

:s2_ace: :brilho_poliamor: :triforce: refletiu

Sobre xingamentos no estilo "filhe da mãe" e substituições (1/3) 

Xingar alguém de FDP é obviamente um problema (ou ao menos é um problema reconhecido por muita gente): ser profissional do sexo não deveria ser ofensa, e "xingar a mãe" em geral vem da questão de controlar a sexualidade de mulheres, visto que a questão é que a pessoa está sendo xingada pela pessoa que a geriu ser de alguma forma "impura" ou nojenta e deveria ter "se controlado/guardado" pra não ter gerido a pessoa xingada.

:s2_ace: :brilho_poliamor: :triforce: refletiu

📣 ATENÇÃO: Estou desapegando de alguns joguinhos para 3DS para pagar as contas!

✨ Se não tiver interesse compartilhe o post e ajude uma pessoa desempregada!

✨ Aceito negociar preços, em especial se a pessoa quiser levar mais de um!

Aqui vai a thread:

:s2_ace: :brilho_poliamor: :triforce: refletiu

Conceitos básicos de racismo: por que [termo para descrever grupo] é racista? 

Muitos termos usados para descrever grupos racializados começam como insultos, chacota ou presunções erradas.

Mesmo quando começam com enganos, podem machucar por terem uma história de terem sido usados de forma pejorativa com frequência, e/ou por demonstrarem desconsideração com a autodeterminação do grupo e/ou desconhecimento sobre tal grupo.

Por serem termos usados especificamente pra grupos racializados, tais termos não podem ser ressignificados por pessoas brancas que querem dar outros sentidos pra eles (e isso inclui verbos formados a partir dessas palavras). Isso só desrespeita o peso desses termos, além de poder ajudar a contribuir com estereótipos racistas que associam a "ressignificação" com o grupo original.

AVISO! Eu vou mencionar aqui coisas sobre colonização, escravidão, campos de concentração, discriminação e afins. Os links passados como fonte podem ter informações mais detalhadas e pesadas que não estou mencionando aqui. Ainda assim, recomendo que quem puder leia os links passados como fontes, afinal eles também oferecem outras informações que podem ajudar a entender situações passadas ou presentes de racismo que vão além do assunto desta postagem.

Palavra com Bu, 5 letras: Usada para descrever povos e indivíduos indígenas deste continente, e também é usada para qualificar negativamente coisas, pessoas ou situações. Significa "sem cultura", "herege" ou "selvagem", entre outros significados ruins.
escritoresindigenas.blogspot.c] dicio.com.br/bugre/] www1.folha.uol.com.br/esporte/]

Caucasiane (para descrever pessoas brancas): Explico isso em colorid.es/@Aster/104684753155

China: Obviamente não tem problema usar a palavra pra falar do país, mas chamar pessoas chinesas (ou asiáticas num geral) disso é ruim: reduz tais pessoas a seu suposto país de origem (sendo que a pessoa pode não ter nascido na China ou não ter nem ascendência chinesa, mas isso é ruim mesmo se for o caso).
superela.com/coisas-racistas-q] buzzfeed.com/br/julianakataoka]

Dicas de Otorrino, leve descrição de alguns processos 

Meu ouvido entupiu de novo, mas agora está tudo bem!

Aproveitando pra passar as dicas que a pessoa que me atendeu compartilhou, para diminuir riscos de infecção, formação de tampão, ou entupimento.

- Evitar uso de cotonetes, ou dos dedos, para a limpeza da região. Isso empurra a cera pra dentro.

- O ouvido tem um processo natural de higienização, onde a cera em excesso é jogada para fora (não para dentro. lol)

- Secar com toalha a água do banho que cai na região é okay, desde que não muito fundo.

- Evitar uso excessivo de fones, pois também empurram cera pra dentro. Headphones são de boa.

- Se possível ir em ume Otorrino a cada seis meses, para uma limpeza. A cera que entra no tímpano endurece, e pode acabar bloqueando parte da audição.

:s2_ace: :brilho_poliamor: :triforce: refletiu

alossexismo, menciona sexo e outras atividades associadas 

Existe uma expectativa/um estereótipo muito ruim que é o de que ser assexual não significa só que a pessoa não sente atração sexual por ninguém (ou que, se sente atração sexual, é de uma forma menor ou menos frequente do que a norma alo), e sim que a pessoa é ou precisa ser "menos sexual" em todos os sentidos.

Pessoas assexuais podem gostar de sexo. Pessoas assexuais podem falar de sexo. Pessoas assexuais podem usar roupas curtas ou justas. Pessoas assexuais podem gostar de festas. Pessoas assexuais podem consumir pornografia, fazer arte que envolve sexo, trabalhar com sexo e/ou ter fetiches.

Existem, sim, pessoas assexuais desconfortáveis em relação ao assunto sexo, que não consomem ou criam nenhum tipo de mídia sexual ou sexualizada, que evitam todo tipo de ambiente e vocabulário sexual. Mas o termo assexual não significa tudo isso, assim como ser heterodissidente de outras formas não significa ser "mais sexual" do que a população hétero.

Mostrar mais antigos
Colorid.es

Uma instância com foco em pessoas queer/LGBTQIAPN+ que falam português. Saiba mais em sobre.colorid.es!

Qualquer pessoa pode criar uma conta, independentemente de orientação, gênero, relação do gênero atribuído ao nascimento com identidade de gênero ou corporalidade. Só não se esqueça de ler nossas regras!

Hi there, English speakers! You can see information regarding this instance by clicking here!