Fazer reuniões me suga absurdamente. Tipo ta sendo legal aprender sobre a área de dados, mas nossa eu odeio ter que falar com tanta gente.

Am I living or just waiting for my queerplatonic partner to give me headpats?

Okey um pensamento aleatório meu enquanto comecei a ler este post (xeiaso.net/blog/pronouns-servi), mas existe algum concesso ou pelo menos o que vocês pensam sobre falar neopronomes de outras linguas?

Não sei se no inglês é considerado um, mas o "they/them" a gente geralmente "traduz" para "elu/delu" já que desempenham a mesma função, mas e por exemplo "xe/xer"? Esse pronome segue um formato que na minha cabeça é muito mais remanescente da lingua inglesa do que do portugues.

Eu inclusive evitei falar da pessoa que fez o post por ta pensando sobre kkkkkk

Eu odeio o exército pq oh claro mulher trans tem que comparecer no exercíto pois trans não existem, mas homens trans TAMBÉM precisam comparecer pq sim??????????

E toda a comunidade trans toma no cu.

Cara como ta o twitter? Eu to dislogada dele e não tenho ideia do que ta acontecendo.

Eu não me importo com canon, minha alma vive e prevalece através de fanfics de Wandinha.

Por que eu sempre devo amar aquilo que eu não posso ter (Wenclair feito corretamente)

Mostrar conversa

Fun fact: I am also studying italian at the same time via duolinguo, I hope I don't give up neither and that the fucking green owl don't come to eat my soul.

Mostrar conversa

So, I'm really just starting toki pona, but for yalllll queer toki ponists (is that the term? lmao) how would you describe a "non romantic/platonic partner" as in a QPR or just friend whom you are intimate?

I used "olin mun mi" (which I have no clue if it translate exatcly as I imagined, but is supposed to (literally) "my moon love" with the meaning described above. I am a moon sucker and just love relating platonic/aro relations to the moon.

I have a serious problem with how some things in html take so many divs. Maybe I'm just a crap front dev (or in general LMAOOO low self steem), but yeah.

Like it would be really cool if there was a alternative somewhat as versatile. I like markdown, but I think there is a limit to it, but it tends to make more sense to me.

transfobia, problemas familiares, desabafo 

Eu tenho "sorte" no assunto de transfobia, eu to viva e fisicamente ilesa. Mas é dificil dizer que mentalmente eu to bem, tudo que dizem é um discurso bonito mas na prática fazem deadname meu, usam pronomes errados e me forçam a ficar no armário em troca de me apoiar financeiramente com a transição (e ai não ajudam).

Eu sou grata por me manterem (eu consigo guardar um dinheiro inclusive), mas eu to prestes a pirar e minha relação não vai melhorar sem ter um local seguro longe deles.

Mostrar conversa

Sobrevivendo a base de me mudar ano que vem com as 2 pessoas mais importantes para mim.

Romance/Atração romântica, arromanticidade 

Eu provavelmente vou falar aquqi em algum momento sobre minha experiência com arromanticidade, sem motivo, simplesmente por quão bem me fez compreender essa faceta de quem eu sou e me relaciono com as pessoas.

Eu tenho opiniões sobre Wandinha. Irei dize-las? Quem sabe.
Quando terminamos de ver, ficamos eu e 3 amigues falando sobre na madrugada.

Mostrar conversa

Atualmente: vendo fanarts de wenclair pois isso me dá dopamina e energia para aguentar minha rotina/ansiedade.

remember to keep your genderfluid friends warm this winter so that the gender fluid doesn't freeze and they wind up stuck as one gender

Eu ser aro e eu ser trans são coisas que eu superficialmente vejo os sinais apenas no presente recente, mas que quando olho bem estavam lá a bastante tempo nossa.

I really wonder how I will go in relation to game development in the future. I really wish to do open source games, but I'm not sure how viable (as a job) it would be or if AAA companies could somehow fuck me over, so I tend to think of maybe going for it as a hobbie, but idk many weird feelings.

Like fuckit I'm gonna draw the gayest things, I'm gonna use a weird programming language to do the gayest game and who is gonna fight me lmao.

Mostrar conversa

Nothing brings me as much peace as doing projects without the limits of a professional work.

Uma das minhas gatas é viciada em mamar na minha pulseira, é fofo mas se torna incomod bem rapido KKKKKKK

Mostrar mais antigos
Colorid.es

Uma instância com moderação ativa e foco em pessoas queer/LGBTQIAPN+ que falam português. Saiba mais em sobre.colorid.es!

Qualquer pessoa pode criar uma conta, independentemente de orientação, gênero, relação do gênero atribuído ao nascimento com identidade de gênero ou corporalidade. Só não se esqueça de ler nossas regras!

Hi there, English speakers! You can see information regarding this instance by clicking here!