Mostrar mais recentes
aster! ★ refletiu

cissexismo, menções a ideias cissexistas e genitálias, sarcasmo 

Depois de uns meses sem postar no blogue, estou retornando com esse texto sobre as contradições das (i)lógicas da cisgeneridade.

bloguealternative.wordpress.co

aster! ★ refletiu

Faz um tempo que descobri o termo "fomo", que é uma sigla de "fear of missing out", que poderíamos traduzir como "medo de estar perdendo algo". É um conceito pra falar da ansiedade de ficarmos nas redes sociais esperando ou procurando novidades. Pensei em adaptar esse termo para "mepa", como sigla de "Medo de Estar Perdendo Algo". Sei lá, só uma ideia. De qualquer forma, achei esse conceito útil.

Falei com a @QueerNeko sobre como daria pra separar seashellgender de shellgender na tradução, e ila deu a ideia de traduzir shellgender como gênero-casca (seashellgender ficando como gênero-concha).

É uma ótima ideia, visto que seashellgender tem a ver especificamente com conchas do mar e shellgender é mais sobre ser um gênero fino e vazio, e portanto provavelmente inspirado em algo como uma casca de ovo.

aster! ★ refletiu
aster! ★ refletiu
aster! ★ refletiu

Adicionei aroique, condi, mesi e turiane/veldiane à lista de orientações do Orientando: orientando.org/listas/lista-de

Eu estava pensando sobre a diferença entre aero e condi (especialmente em relação às orientações, mas dá pra pensar em aerogênero e condigênero também), e aqui está minha conclusão: 

A ênfase na definição de aero é em "mudanças na atmosfera". Isso pode significar que pessoas cujas mudanças são afetadas pelo lugar podem tender a escolher aero, mas a definição também explicita o quanto qualquer tipo de circunstância pode contar como atmosfera.

A ênfase na definição de condi é em condições específicas afetando a identidade. Isso pode significar que são situações específicas, mas novamente, qualquer condição pode contar aqui.

Só que eu acho que "mudanças na atmosfera" parece ser algo mais geral, enquanto "condições específicas" parece ser algo mais específico. Então acho que a tendência é:

- Pessoas tendem a escolher aero se existem várias mudanças diferentes em relação ao que afeta sua experiência;

- Pessoas tendem a escolher condi se possuem certa experiência geral com uma ou outra mudança com base em condições mais específicas.

Também tem a questão da orientação aero ser mais conhecida, enquanto acho que talvez condigênero seja um termo mais usado do que aerogênero?

Enfim, isso tudo é especulação.

aster! ★ refletiu

piada; exorsexismo linguístico 

ah sim, os três conjuntos: o/ele/o, a/ela/a e o(a)/ele(a)/o(a)

aster! ★ refletiu

📰 JORNALISTAS LIVRES | "Oficina gratuita de roteiro vai formar talentos LGBTQIA+ em audiovisual" 

🔎 "Dos filmes que ainda não fizemos LGBTQIA+ Santa Catarina está com inscrições abertas para oficinas virtuais gratuitas de escrita de roteiro para "...

🔗 jornalistaslivres.org/oficina_

📣 #panfleterobot #news #bot

aster! ★ refletiu

discursos contra xenogênero, capacitismo, ironia 

Interessante como o discurso exclusionista evoluiu agora. Na época em que eu ainda usava o :birdsite:, já tinha gente explicando xenogêneros como algo exclusivo de neurodivergentes.

Muito bem. Sim, é fato que xeninidade contempla as perspectivas e experiências de gênero de muitas pessoas NDs. Mas xenogênero nunca foi um grupo de identidades exclusivas de NDs. De onde veio isso? Sei lá. Mas o que parecia só uma constatação equivocada virou uma nova retórica exclusionista.

Aparentemente, tem gente tomando um cuidado pra não cair em capacitismo e aproveitando pra fingir que se importa com NDs. Então o discurso de "xenogênero é algo de NDs" evoluiu pra "xenogêneros não são LGBT, são pauta ND".

Isso é só uma forma mais educada de dizer que pessoas xenogênero são "apenas gente cis que por causa de suas condições mentais não conseguem entender gênero, então vamos deixar que se identifiquem como fogo e estrela porque é feio zoar com doente mental".

Cuidado com essa informação, gente. Xenogêneros são identidades acessíveis pra qualquer pessoa. Da mesma forma que há pessoas NDs que conseguem explicar seus gêneros dentro de concepções "comuns", também há pessoas neurotípicas que podem considerar essas concepções insuficientes e se explicam com metáforas, por exemplo. Lembrando que uma das maiores faltas de comunidades e vivências fora do binário são de palavras pra se descrever, e é exatamente por isso que existem xenogêneros.

Percebi que um.lugarzinho.top tá com uma série de problemas, inclusive na federação. Estou tentando consertá-los hoje!

aster! ★ refletiu

Enfim fiz a postagem lá no :instaburn: sobre o sistema alibinário. Pra quem quiser conferir:

instagram.com/p/CSAglv1HhZo/?u

aster! ★ refletiu

"terras indígenas ocupam 12,5% do território brasileiro"

você quis dizer:

colonização brasileira ocupa 87,5% do território dos povos locais

contém link pro Tumblr 

Eu tava pesquisando pra fazer a página sobre a orientação fray/ignota e descobri que esta postagem faz 7 anos hoje: pridearchive.tumblr.com/post/9

(esse é possivelmente o primeiro lugar que a bandeira :placa_fray: foi publicada)

aster! ★ refletiu

Estava revirando uns conteúdos de tempos atrás, e achei o Sistema Alibinário que Aster criou. Inclusive, estou pensando em fazer uma postagem no :instaburn: sobre ele. Pra quem quiser conferir: starrypride.neocities.org/alib

aster! ★ refletiu

the push to re-instate Queer as a slur is TERF agenda because its easier for them to figure out who the "wrong" sorts are by neat little labels. Queer is too inclusive and too covert and they HATE it.

so using Queer is a real schrodinger problem. you're either the right or wrong type but they can't know which until they look in the box and it drives them up the wall.

good. die mad about it. i'll die queer.

Mostrar mais antigos
Colorid.es

Uma instância com foco em pessoas queer/LGBTQIAPN+ que falam português. Saiba mais em sobre.colorid.es!

Qualquer pessoa pode criar uma conta, independentemente de orientação, gênero, relação do gênero atribuído ao nascimento com identidade de gênero ou corporalidade. Só não se esqueça de ler nossas regras!

Hi there, English speakers! You can see information regarding this instance by clicking here!