Mostrar mais

alguns termos para gêneros que não vou postar em @termos por conta da possibilidade (ainda que remota) de tradução, contém links para o Tumblr 

Madchen é um gênero abinário (completamente fora do binário) feminino, que é similar a mulher mas que está completamente fora do espectros de gênero binários.

A pessoa tem qualidades femininas e pode até se identificar com mulheridade, mas se identifica majoritariamente com termos e descrições de gênero não-bináries, abináries ou neutres.

coloneldotexe.tumblr.com/post/

Herrlein é um gênero abinário "masculino" e similar a homem, mas que está fora do espectro de gênero binário.

A pessoa tem qualidades masculinas, e pode até se identificar ocasionalmente com hombridade, mas majoritariamente se identifica com termos e descrições de gênero não-bináries, abináries ou neutres.

dionysian-insatiety.tumblr.com

(Eu também gostaria de adicionar que parece que estão usando feminine/masculine aqui como "relacionade com gênero binário", e não como "relacionade com estereótipos aplicados a gêneros binários".)

:s2pixXenogenero: refletiu

Plásmique / Gênero-plasma: Alguém que tem um gênero com características similares às de um gênero que é fluído, porém tal gênero não muda para outro gênero ou para outra intensidade de gênero. É como se o gênero estivesse mudando/movendo dentro de si mesmo.

Isso não é um estado entre um gênero que não muda e um que muda, e sim algo diferente.

:s2pixXenogenero: refletiu

o que vocês recomendam pra entender os conflitos no Oriente Médio?

ps: não sei quase nada e não sei por onde começar

:s2pixXenogenero: refletiu
:s2pixXenogenero: refletiu

passei mais tempo configurando o css disto do que criando o negocinho no construct eurritimia.neocities.org/pele/

:s2pixXenogenero: refletiu

Que todes daqui tenham um próspero ano novo! 🌈

eu não acredito que tem propaganda no meio do show da virada (ao vivo) :blobglare:

:s2pixXenogenero: refletiu

:placa_apora: Ápora / Aporagênero: Um gênero que existe, mas que é completamente distinto de homem, mulher, neutro ou de combinações entre estes.

:s2pixXenogenero: refletiu

Ah é, Aster entrou em contato falando que tinha um compiladão com (quase) tudo então eu vou postar aqui também de referência pra vocês :)

amplifi.casa/~/Asterismos/tudo

Mostrar conversa
:s2pixXenogenero: refletiu

Sobre aceitação de corpos, meio que subtoot sobre vários toots 

Com esses toots sobre a aceitação corporal eu meio que parei pra pensar sobre como aconteceu comigo, já que eu desde sempre fui uma pessoa gorda e hoje eu tenho quase nenhum problema com isso.

Acho que o que me ajudou muito foi sempre que eu tinha algum problema com meu corpo foi pensar se eu teria a mesma reação negativa se fosse alguma coisa no corpo de alguém. Quanto mais eu aceitava os diferentes corpos das pessoas, que eu acho que é mais fácil, mais fácil ficava aceitar coisas que me incomodavam no meu corpo.

:s2pixXenogenero: refletiu

discursos anti-neolinguagem, cissexismo e exorsexismo, elitismo, capacitismo, contém ironias, contém links externos 

Neste texto rebato os principais argumentos usados para invalidar a neolinguagem em muitas discussões nas redes sociais.

bloguealternative.wordpress.co

:s2pixXenogenero: refletiu

Eu acabei de terminar de jogar Sayonara Wild Hearts, sem esperar muito no começo e sem saber nada sobre a história.

Recomendo bastante todo mundo experimentar esse jogo do começo ao fim. É curtinho (1h - 1h30m de jogo), mas a história e os visuais são bem queer.

:s2pixXenogenero: refletiu

A pessoa: "linguagem neutra é algo inacessível".

A pessoa também: caracteres especiais, palavras abreviadas, termos e expressões de outros idiomas, piadinha com x, piadinha com números no lugar de letras, postagens com dezenas emojis, posta imagens sem descrição, posta sobre assuntos pesados sem aviso de conteúdo, fala ironias sem avisar, e hashtags com todas as letras minúsculas.

:s2pixXenogenero: refletiu

Tô doando o volume 2 de Vampire Knight, de Matsuri Hino. De preferência quem morar em SP ou arredores de Mairinque. Mas se a pessoa pagar o correio, é da pessoa.

:s2pixXenogenero: refletiu

sex v gender discourse, discrimination 

reminder that people are being discriminated against on the basis of their assigned (by their oppressor) gender, not sex

discrimination exists on the social level and so is rooted in social understanding of various roles, how they are assigned and their range of allowed expression

in other words, you get discriminated against based on which category you're understood to fall into, not on some mythical "biological reality" of sex/race/whatever

:s2pixXenogenero: refletiu
:s2pixXenogenero: refletiu

Recomendação de Podcast em inglês: RPG de Mesa. Toot longão. 

Aproveitando que tão começando uma temporada nova (o episódio 0 saiu ontem) vou recomendar de novo o podcast Friends at the Table.

Se eu te contar que essas pessoas jogaram um jogo sobre crianças encontrando um disco rígido com a consciência de uma pilota de mech que então levam ela pra explorar o mundo atrás do seu mech perdido e que foi muito divertido, tu se interessa?

O FatT é um podcast de RPG mas nunca nem passaram perto de D&D (que sei lá, acho meio chato). Geralmente jogam jogos que são mais sobre interpretação e seguir a ficção do que número o que eu acho ótimo.

Pontos positivos:
- inclusividade: personagens não homen/cis/brancas/etc são tratadas com naturalidade. Tem até uma temporada onde não tem uma personagem que é hétero no grupo principal + NPCs recorrentes.
- Tem muito sistema diferentes e divertidos: elies jogam de tudo um pouco, misturando coisas e etc. Austin, a pessoa que mestra, é ótimo em remendar sistemas.
- É divertido. Dã? hahaha
- Contam histórias ótimas. Sério. Eu lembrando aqui a história de COUNTER/weight (minha temporada preferida) me da arrepios pelo corpo todo.

Acho que a principal barreira é que como é um podcast em inglês e de ficção, tem muito termo que pode ser difícil de entender e tal... e tem as palavras inventadas... por que eles gostam de inventar palavras como ninguém... inclusive jogando jogos SOBRE inventar palavras. É doido.

Elies tem duas linhas principais: A série de sci-fi e a série de fantasia medieval mas também tem podcasts que se passam em outros ambientes (tipo a série pra apoiadories)

Eu recomendo demais que ouçam a COUNTER/Weight, a segunda temporada. Ela começa meio devagar (tão usando um sistema que é divertido mas tão complicado que depois acabam trocando) mas depois vai longe. Muito longe. É demais.

Por fim, se você se interessou, da uma olhada nessa animação que foi feita por fãs:

youtube.com/watch?v=cuv9zgS5Za

:s2pixXenogenero: refletiu

Reminder for difficult family gatherings:

You have the right to:
Leave the situation
Leave the house
Take breaks
Go to the restroom without needing to
Change your mind.

You are allowed to lie!
Your body isn't public property, nobody is allowed to touch you without consent.

:s2pixXenogenero: refletiu

Protip: when someone from an opressed group (e.g. POC, immigrants, women, etc) complain about something a privileged group tends to do (white, non-immigrants, cis men, etc), if you are from the privileged group, there's no need for you to comment assuring that you don't do these things. There's also no need to comment "lol yeah we're horrible aren't we" on a serious post about terrifying opression. It makes you seem defensive and like you're not taking opression seriously.

If you don't do those things? Congratulations! You don't get a medal, that's a bare minimum. If you do those things? Quietly improve and maybe boost the post that made you realise that you did wrong.

I know it doesn't seem like a big deal if you're privileged but it gets tiring when half the replies on a serious post about opression are joke replies by the privileged group.

Mostrar mais
Colorid.es

Uma instância com foco em pessoas queer/LGBTQIAPN+ que falam português. Saiba mais aqui!

Qualquer pessoa pode criar uma conta, independentemente de orientação, gênero, relação do gênero atribuído ao nascimento com identidade de gênero ou corporalidade. Só não se esqueça de ler nossas regras!

Hi there, English speakers! You can see information regarding this instance by clicking here!