Brilho destacado

Recursos sobre neolinguagem, linguagem neutra e linguagem pessoal 

Ao invés de manter postagens que não tenho como mexer, decidi colocar todos os links que tenho em relação a tais assuntos em singlelinks:

singlel.ink/u/neolinguagem
Este link contém informações sobre o que é neolinguagem, para que serve, quais são as palavras alternativas que existem para pares como pai/mãe e meu/minha, como criar palavras dentro da neolinguagem e afins.

singlel.ink/u/conjuntos
Este link contém informações sobre o sistema artigo/pronome/flexão. Isso inclui como utilizá-lo, exemplos de conjuntos, como demonstrar o próprio conjunto, motivos para sinalizar o próprio conjunto e afins.

singlel.ink/u/linguagemneutra
Este link contém informações sobre linguagem neutra (usando neolinguagem ou -/-/-), como quando e como utilizá-la. Estou apenas incluindo recursos que respeitam que outras pessoas podem querer usar outros conjuntos como linguagem neutra e/ou pessoal.

Mostrar conversa
Brilho destacado

Eu tenho um Padrim! (+ outras informações sobre doações) / toot longo 

Estou longe de estar em qualquer tipo de crise financeira, mas não ganho meu próprio dinheiro e acho que meu trabalho como alguém que ensina sobre identidades queer e mantém comunidades para pessoas queer ajuda mais gente do que se eu for fazer algo que só vai ajudar a mim e a pessoa que me contrata.

Também aprecio se alguém quiser ajudar por causa dos custos do servidor, ou porque algo que escrevi ou moderei/administrei te ajudou com tua identidade, etc.

De qualquer forma, quero ressaltar que ninguém precisa se sentir pressionade a me dar dinheiro nem nada, mesmo que :colorides:/:orientando:/os gráficos e temas que faço/etc. sejam super importantes pra você.

Enfim, aqui está meu Padrim:
padrim.com.br/aster/

Padrim é mais legal por conta das postagens exclusivas pra quem apoia, mas também é possível me mandar dinheiro por:

Liberapay - liberapay.com/asterisco

Ko-fi - ko-fi.com/asterisco

Brilho destacado

Introdução nova (toot longo) 

Sou Aster, administradore de colorid.es e do site orientando.org. Também ajudo com ajudanhincq.wordpress.com.

Adoro coisas sobre identidades /LGBTQIAPN+, e, por isso, sei bastante sobre rótulos relacionados a gêneros e orientações. Sinta-se livre para pedir ajuda com isso!

Eu fiz alguns bots de positividade (@Positividade e @PosiBot), sinta-se livre para seguir e para me dar ideias de outras identidades.

Também já fiz alguns temas para o Mastodon, e muitos emojis, especialmente de orgulho! Sinta-se livre para copiá-los para sua instância. Aqui estão alguns: :estrelaDemissexual2: :s2_xenogenero: :flor_gq: :s2pixArcoIris: :pixela_arofluxo: :QueerInvader: :eu: :eu_s2: :chimarrao:

Também tenho algumas coisas disponíveis em starrypride.neocities.org.

Brilho destacado

Algumas coisas sobre interação, toot longo :BoostNo: 

• Por favor, não leve para o lado pessoal se eu não aceitar que você me siga em outras contas.

Esta conta é um pouco mais pública por eu ser admin, então em geral não forço pessoas a parar de me seguir aqui, mas eu tenho muito a duvidar de suas intenções se eu não te conheço, o conteúdo de sua conta não tem nada a ver com o que eu posto em outras instâncias e/ou parece que você só está seguindo um monte de gente sem ligar pro conteúdo;

• Por favor, não leve para o lado pessoal se eu não seguir de volta.

Os motivos para isso frequentemente têm a ver com o que foi colocado acima e com o que está abaixo.

• Por favor, não leve para o lado pessoal se eu parar de te seguir.

Tem vezes que isso vai acontecer por você estar postando demais pro meu gosto.

Tem vezes que vai ser por conta de avisos de conteúdo não sendo utilizados em coisas que eu gostaria de ter uma preparação mental antes de ver.

Tem vezes que vai ser por conta de eu estar em um dia ruim e não querer ver postagens que me lembram de situações de chacota/bullying/maldenominação que já sofri.

Nenhuma dessas coisas significa que você deveria mudar o jeito que posta; só significa que não é pra mim, ou que eu tive o azar de não ser pra mim em algum momento.

Algumas vezes isso acontece por vocabulário e/ou retórica problemátique; eu já vi e experienciei muitas vezes onde conversar não deu certo, então não vou tentar mais a não ser que eu tenha bastante contato com a pessoa, e acho que parar de seguir é menos estressante para ambas as partes.

(A não ser que seja na minha instância, porque aí vamos ter que conversar/deletar a postagem/avisar/etc.)

Acho que todas as pessoas merecem ter espaço para crescer e aprender, e não apoio fazer um espetáculo em cima de alguma pessoa aleatória por conta disso. Então é até possível eu falar sobre isso sem referenciar a pessoa ou a postagem específica, para tentar fazer um grupo maior de pessoas entender que algo é errado e/ou me incomoda.

• Em qualquer um desses casos, eu não vou me ofender se você quiser me perguntar coisas ou interagir com minhas postagens.

:s2pixXenogenero: refletiu

Assistam por favor 

Apresentação da jornada de iniciação científica Maria Eduarda é a IC q me acompanha.

youtube.com/watch?v=KvfWJyp96g
E Rodrigo é um ótimo IC q faz parte de outra linha de pesquisa

youtube.com/watch?v=Sl_kLbUD2z

:boost_ok:

:s2pixXenogenero: refletiu

exorsexismo/sentimentos anti-NCL 

Não que eu não ache importante usar algo diferente de o/ele/o (e a/ela/a) como linguagem neutra, mas a priorização disso acima de não maldenominar pessoas não-binárias me incomoda.

Especialmente porque esse negócio de "implementar linguagem neutra em tudo e ensiná-la a todes assim que possível" faz com que muitas pessoas só vejam neolinguagem como útil quando é pra aplicar como linguagem neutra, e daí conjuntos que não foram feitos pra ser neutros são vistos como absurdos/ridículos/inúteis.

Acho que é uma das coisas que leva a isso: amplifi.casa/~/Asterismos/uma-

Mostrar conversa

erros comuns de quando pessoas estão "neutralizando a língua" para "deixá-la mais inclusiva" 

1. Começar a flexionar palavras que não são flexionadas em outras circunstâncias, ou atribuir conjuntos de linguagem neutra a palavras que já têm os próprios conjuntos de linguagem. Exemplo: "nosses grupos pretendem acolher todes es pessoes."

2. Ignorar flexões pouco óbvias, deixando-as com linguagem associada ao conjunto o/ele/o. Exemplos: "es lutadores", "um amigue".

3. Só usar neolinguagem na linguagem neutra quando se tratam de algumas palavras comuns ou mais usadas ("não-bináries", "todes", "migues", "bem-vindes"), mas ignorar todos os outros casos.

Eu acho que se houvesse um incentivo pra aprender linguagem pessoal primeiro, pra saber que "a pessoa" ou "o indivíduo" não maldenominam ninguém em questão de linguagem pessoal, que palavras difíceis de flexionar muitas vezes precisam ser flexionadas, e que neolinguagem não é só algo que dá pra botar em títulos e chamadas pra parecer legal e que dá pra esquecer que existe depois, esses erros poderiam ser menos comuns quando a pessoa começa a usar neolinguagem para linguagem neutra.

Mostrar conversa

o problema de tentar fazer as duas coisas ao mesmo tempo ("você precisa usar linguagem neutra porque a língua portuguesa é machista, e além disso existe gente que deve ser referida usando linguagem neutra!") é que eu acho que é aí que as pessoas se confundem e cometem uma série de presunções e erros porque acham que é assim que pessoas não-binárias vão se sentir incluídas

Mostrar conversa

sinceramente, acho que talvez fosse melhor primeiro ensinar pessoas a usar conjuntos de linguagem pessoais além de a/ela/a e o/ele/o, e *depois* ensinar pessoas a deixar de usar o/ele/o como linguagem neutra

:s2pixXenogenero: refletiu

link pro :instaburn:, alossexismo, dados de discriminações e violências heterossexistas 

Não que a comunidade assexual precisasse sofrer alguma coisa pra ser validada, mas aqui está uma postagem com dados mostrando que alossexismo é real e comparando assexuais com outres heterodissidentes:

instagram.com/p/CGdo6bAHIqm/?i

cissexismo, maldenominação 

Pra mim, a piada "você presumiu meu gênero?" é fora da realidade não porque pessoas trans não questionam a questão de presumir gênero ou de serem maldenominadas (ainda que isso não aconteça com frequência), e sim porque quando eu sou maldenominade eu já sei a resposta (sim, a pessoa presumiu meu gênero e errou) e tenho mais chance de corrigir a pessoa falando diretamente "ei, eu sou não-binárie e uso o [elemento de conjunto tal], e não [o elemento usado]" ou similar do que de querer saber qualquer coisa da visão de mundo de quem me maldenominou lol

Tipo, sim, eu quero que pessoas que presumam a linguagem alheia sejam ridicularizadas publicamente até que parem, mas a prioridade é sempre fazer com que a pessoa pare de maldenominar na situação específica, e não qualquer tipo de lição abrangente sobre como isso é errado.

:s2pixXenogenero: refletiu

Domain block 

freethinkers.lgbt

Don't let the TLD fool you, the admin is an enbyphobic truscum nonce and a right-libertarian to boot.

And no, you're not a transphobe for blocking it, like this twat's bio claims. Throw that gaslighty crap into an active volcano. :blobrollingeyes:

#FediBlock

Aliás, aproveitando o assunto de linguagem, também fiz um texto novo pra substituir aquele antigo sobre como usar conjuntos de linguagem no fórum Orientando: forum.orientando.org/thread-4.

Recursos sobre neolinguagem, linguagem neutra e linguagem pessoal 

Ao invés de manter postagens que não tenho como mexer, decidi colocar todos os links que tenho em relação a tais assuntos em singlelinks:

singlel.ink/u/neolinguagem
Este link contém informações sobre o que é neolinguagem, para que serve, quais são as palavras alternativas que existem para pares como pai/mãe e meu/minha, como criar palavras dentro da neolinguagem e afins.

singlel.ink/u/conjuntos
Este link contém informações sobre o sistema artigo/pronome/flexão. Isso inclui como utilizá-lo, exemplos de conjuntos, como demonstrar o próprio conjunto, motivos para sinalizar o próprio conjunto e afins.

singlel.ink/u/linguagemneutra
Este link contém informações sobre linguagem neutra (usando neolinguagem ou -/-/-), como quando e como utilizá-la. Estou apenas incluindo recursos que respeitam que outras pessoas podem querer usar outros conjuntos como linguagem neutra e/ou pessoal.

Mostrar conversa
:s2pixXenogenero: refletiu

Texto novo falando sobre por que é importante indicar linguagens pessoais nas redes sociais, e métodos para se fazer isso além de uma descrição usando o sistema artigo/pronome/flexão. Também falo sobre esse sistema ser mais preciso que dizer apenas pronomes, e outras questões controversas que são ou esquecidas ou validadas em outros incentivos parecidos, o que inclui falta de acessibilidade e reducionismo de opções de linguagem.

medium.com/@vitor_rubiao/texto

:colorides: Gente, não se esqueçam de sempre creditar imagens postadas, de avatar e de cabeçalho, a não ser que tenham sido feitas por vocês ou que sejam de domínio público.

Esta foi uma regra implementada por bastante gente aqui concordar. Eu entendo que algumas pessoas possam ter esquecido, por isso acho importante lembrar.

:s2pixXenogenero: refletiu
:s2pixXenogenero: refletiu

mas o que posso dizer com certa segurança é: perguntem pra pessoa com quem vocês estão conversando sobre pronomes! Caso ela prefira algo "não convencional" certamente pensou sobre o assunto e vai explicar o que é necessário saber

é bem melhor ouvir da fonte e ir com calma, geral sabe que é treino e que ninguém vai dominar o assunto da noite pro dia

Mostrar conversa
:s2pixXenogenero: refletiu

aproveitando que muita gente da timelinda tem dúvidas sobre linguagem neutra, e que só posso falar por mim e do que eu prefiro: o site Orientando tem vários bons links pra começar a entender o assunto, recomendo pra ajudar:

orientando.org/neolinguagem/

:s2pixXenogenero: refletiu

if blocking and muting are such good effective tools

why are there harassment campaigns when people use them on an instance level?

Can't love it and then bother ppl when it's you they slapped with the block

:blobcatgooglyshrug:

:s2pixXenogenero: refletiu

dracula is in public domain now so i expect to see trans dracula get the novel they deserve. i'm WAITING.

:s2pixXenogenero: refletiu

quem cunhou faniane perdeu a oportunidade de chamar relacionamentos entre pessoas intersexo de relacionamentos interintersexo.

:s2pixXenogenero: refletiu

Pessoas torenalternativas são maravilhosas!

Mostrar mais
Colorid.es

Uma instância com foco em pessoas queer/LGBTQIAPN+ que falam português. Saiba mais aqui!

Qualquer pessoa pode criar uma conta, independentemente de orientação, gênero, relação do gênero atribuído ao nascimento com identidade de gênero ou corporalidade. Só não se esqueça de ler nossas regras!

Hi there, English speakers! You can see information regarding this instance by clicking here!